CartaExpressa

Em mais uma viagem, Bolsonaro ofende senadores e diz que ‘a liberdade vale mais que a vida’

O presidente se referiu aos membros oposicionistas da CPI da Covid como ‘bandidos’

Foto: Reprodução/TV Brasil
Foto: Reprodução/TV Brasil

O presidente Jair Bolsonaro participou, nesta quarta-feira 30, da cerimônia de inauguração da Estação Radar de Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul. Em seu pronunciamento, afirmou ver “o renascimento do patriotismo” no Brasil.

“O maior bem de uma Nação é a liberdade de um povo, mais valiosa que a própria vida”, repetiu.

Bolsonaro também voltou a atacar os senadores de oposição ao seu governo que integram a CPI da Covid e avançam nas investigações sobre indícios de fraude na compra de vacinas.

“Não vai ser com mentiras ou com CPI integrada por sete bandidos que vão nos tirar daqui. Temos uma missão pela frente: conduzir o destino da nossa Nação e zelar pelo bem-estar e pelo progresso do nosso povo”, acrescentou o presidente.

Assine nossa newsletter

Receba conteúdos exclusivos direto na sua caixa de entrada.

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fonte confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!