CartaExpressa,Política

Doria: se Lira tivesse compromisso com a democracia, colocaria em pauta o impeachment de Bolsonaro

Doria: se Lira tivesse compromisso com a democracia, colocaria em pauta o impeachment de Bolsonaro

João Doria e Jair Bolsonaro. Fotos: NELSON ALMEIDA/AFP e André Borges/AFP

João Doria e Jair Bolsonaro. Fotos: NELSON ALMEIDA/AFP e André Borges/AFP

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), criticou o discurso proferido nesta quarta-feira 8 pelo presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), em resposta às ameaças golpistas de Jair Bolsonaro. No pronunciamento, Lira afirmou que é hora de “dar um basta” às “bravatas e a um eterno palanque”, mas ignorou os mais de 100 pedidos de impeachment do presidente da República.

“Se esta de fato é a posição de Arthur Lira, ele que faça o encaminhamento de um dos pedidos de impeachment“, declarou Doria em entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista.

O tucano disse lamentar que Lira “”não tenha compromisso com a democracia, porque se tivesse estaria colocando em pauta o impeachment“.

“Eu lamento, sinceramente, a postura, a atitude e o descompromisso do presidente da Câmara com a democracia brasileira. Depois dos arroubos, do afrontamento que tivemos ontem à Constituição, à democracia e à Suprema Corte, o mínimo que poderia se esperar de um presidente da Câmara era submeter aos seus parlamentares, já que a decisão não é dele, não é monocrática e, sim, da Câmara e do Senado, que pudesse submeter e dar andamento ao pedido de impeachment. Lamento muito a postura do presidente da Câmara neste momento”, completou Doria.

 

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem