CartaExpressa

Doria reclama de falta de vacina e Queiroga o acusa de fazer ‘palanque’

Doria reclama de falta de vacina e Queiroga o acusa de fazer ‘palanque’

O governador João Doria (PSDB). Foto: GOVSP

O governador João Doria (PSDB). Foto: GOVSP

O governador de São Paulo, João Doria, e o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga trocaram farpas nas redes sociais sobre vacinas. Tudo começou quando o tucano publicou um texto em seu perfil, na quinta-feira 3, criticando o governo federal por ‘descaso com a vida dos brasileiros’ durante a pandemia. A crítica se referia ao fato do estado não ter recebido novas doses da vacina Pfizer pelo Ministério da Saúde.

“Ontem o Ministério da Saúde recebeu 936 mil doses da vacina Pfizer em Viracopos/SP. Surpreendentemente, até agora SP não recebeu nenhuma dose. A resposta do MS é que hoje (03/06) é feriado. Pelo visto, para o governo federal vidas não importam”, escreveu.

Queiroga respondeu à publicação do governador, na sequência, e o acusou de fazer ‘palanque’ político. “Senhor Governador, antes de emitir esse tipo de comunicado, informe-se com seu secretário de saúde como funciona a tripartite. Daí, conversamos. Pare de palanque. Precisamos unir o Brasil”, escreveu.

Doria acrescentou: “Ministro, hoje o Brasil registrou 2 mil mortes. É uma vergonha o Sr achar normal guardar vacina na prateleira porque é feriado. Tripartite pra mim é vacina no braço. Somos servidores públicos. Temos a missão de vacinar os brasileiros com urgência”.

 


Junte-se ao grupo de CartaCapital no Telegram

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem