CartaExpressa

Dino: Teríamos o dobro de mortes se estados e municípios seguissem Bolsonaro

Dino: Teríamos o dobro de mortes se estados e municípios seguissem Bolsonaro

'O Brasil é o único País do mundo que tenta enfrentar a pandemia com baixa vacinação e falta de prevenção', afirmou o governador

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB-), afirmou na quarta-feira 26 que o Brasil poderia ter o dobro de mortes por Covid-19 se estados e municípios seguissem as orientações do presidente Jair Bolsonaro.

“A principal questão brasileira é falta de acesso a vacina, garantir acesso ao sistema de saúde e a coordenação nacional (…). O Brasil é o único País do mundo que tenta enfrentar a pandemia com baixa vacinação e falta de prevenção. Não haverá economia sem a resolução da pandemia”, disse o governador durante participação no Festival ODS.

“Se não houvesse o papel dos estados e municípios a essa altura, por conta dos desatinos federais, teríamos o dobro de mortes”, acrescentou.

Na conversa, Dino também criticou o valor médio de 150 reais do Auxílio Emergencial. “”As famílias estão tendo que decidir entre comprar comida ou gás”.

O governador também comentou a multa que Bolsonaro levou no Maranhão após promover aglomeração e ignorar o uso de máscara.

“É uma questão ética. Já basta ele andar em garupa de moto sem capacete, o que é uma coisa absolutamente inusitada. Ele é a autoridade máxima do País e tem um poder simbólico”, reforçou.

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem