CartaExpressa

Defesa de Bolsonaro diz ao TSE que reunião com embaixadores foi um ‘debate de ideias’

A oposição acionou a Justiça após o ex-capitão se encontrar com representantes de outros países para repetir fake news sobre as urnas

Foto: CLAUBER CAETANO / Brazilian Presidency / AFP
Apoie Siga-nos no

A defesa de Jair Bolsonaro (PL) afirmou nesta quinta-feira 28 ao Tribunal Superior Eleitoral que o discurso do ex-capitão a embaixadores – no qual ele repetiu fake news sobre as urnas eletrônicas – foi parte de um “debate de ideias”, não um ato de caráter eleitoral.

A manifestação de Bolsonaro ocorre no âmbito de ações apresentadas por partidos de oposição, como PT, PCdoB, Rede e PDT. No domingo 24, o PL já havia enviado suas considerações à Corte, alegando que não houve propaganda eleitoral antecipada.

Nesta quinta, a defesa de Bolsonaro argumentou que “não há nos autos qualquer indício – e sequer alegação nesse sentido – de que o discurso tenha buscado angariar votos, prejudicar eventuais pré-candidatos concorrentes ou tentado influir, de qualquer forma, na escolha dos cidadãos no pleito de 2022”.

“O Presidente da República reafirma a confiança no sufrágio popular, mas resguarda o direito de apresentar seus legítimos questionamentos, sempre imbuído do espírito de contribuição com o processo de avaliação do sistema eleitoral brasileiro, especialmente considerando o que Sua Excelência entende relevante do teor do Inquérito Policial 1361/2018-4 da Polícia Federal e da auditoria que ainda está em curso no Tribunal de Contas da União.”

A nova onda de ataques infundados de Bolsonaro às urnas gerou reações. Em menos de 72 horas, uma carta em defesa da democracia e do sistema eleitoral organizada na Faculdade de Direito da USP ultrapassou, nesta quinta 28, as 300 mil assinaturas. Entre os signatários há banqueiros, empresários, artistas, advogados e membros do Ministério Público.

ENTENDA MAIS SOBRE: , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Relacionadas

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Apoie o jornalismo que chama as coisas pelo nome

Os Brasis divididos pelo bolsonarismo vivem, pensam e se informam em universos paralelos. A vitória de Lula nos dá, finalmente, perspectivas de retomada da vida em um país minimamente normal. Essa reconstrução, porém, será difícil e demorada. E seu apoio, leitor, é ainda mais fundamental.

Portanto, se você é daqueles brasileiros que ainda valorizam e acreditam no bom jornalismo, ajude CartaCapital a seguir lutando. Contribua com o quanto puder.

Quero apoiar