CartaExpressa,Política

CPI da Covid: senador governista diz que está tomando ivermectina

CPI da Covid: senador governista diz que está tomando ivermectina

Eduardo Girão defendeu o tratamento precoce, que usa medicamentos sem eficácia comprovada, contra a Covid-19

Senador Eduardo Girão (Podemos-CE) Foto: Beto Barata/Agência Senado

Senador Eduardo Girão (Podemos-CE) Foto: Beto Barata/Agência Senado

O senador Eduardo Girão (Podemos-CE), integrante da CPI da Covid-19, afirmou nesta segunda-feira 3 que está tomando ivermectina, medicamento do chamado ‘tratamento precoce’ sem eficácia comprovada, para se prevenir da Covid-19.

 

 

“Tem associações na Europa, no Japão, grupo privados no Brasil que têm o tratamento precoce e apresentam resultados. Eu vou dar um exemplo pessoal meu, com recomendação médica, estou tomando ivermectina”, disse o senador em entrevista ao UOL.

O parlamentar se diz independente, mas desde o início dos trabalhos da CPI no Senado Federal tem atuado alinhado ao governo do presidente Jair Bolsonaro. Na entrevista, Girão diz que quer chamar médicos e cientistas que defendem o uso dos fármacos do tratamento precoce.

“Nós estamos em uma guerra e temos que usar todos os recursos, sempre com orientação médica”, justificou.

A tática do governo é convidar especialistas que defendem os medicamentos para passar a ideia de que o presidente se baseou em orientação técnica ao recomendá-los.

A CPI da Covid vai ouvir nesta terça-feira 4 os ex-ministros da Saúde Luiz Henrique Mandetta e Nelson Teich.

 

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem