CartaExpressa

Ciro segue seu partido e sai em defesa do voto impresso: “Qual o problema?”

Ciro segue seu partido e sai em defesa do voto impresso: “Qual o problema?”

O tema também é defendido pelo presidente Jair Bolsonaro e apoiadores

Carlos Lupi e Ciro Gomes. Foto: Weverton Rocha/PDT Nacional

Carlos Lupi e Ciro Gomes. Foto: Weverton Rocha/PDT Nacional

O presidenciável do PDT em 2022, Ciro Gomes, acompanhou o entendimento do partido e defendeu o voto impresso para as próximas eleições.

“Qual o problema em tornar um sistema, que já é bom, em um sistema melhor? Qual o problema de termos uma cópia de segurança impressa, palpável e acima de qualquer suspeita, para eventual checagem?”, questionou Ciro nesta sexta-feira 28 em seu Twitter.

Na quinta-feira 27, o presidente da sigla, Carlos Lupi, publicou um vídeo em defesa da impressão do voto e recorreu à figura de Leonel Brizola para diferenciar a postura do partido daquela manifestada, atualmente, pelo presidente Jair Bolsonaro e apoiadores.

“Por que esta espécie de rendição, de covardia e fatalismo absurdo que fazem considerar Bolsonaro ‘dono’ de qualquer ideia da qual sua turma se apropria?”, acrescentou Ciro.

O voto impresso é um projeto defendido por Bolsonaro desde a campanha de 2018. A deputada bolsonarista Bia Kicis (PSL-DF) apresentou um projeto sobre o tema que segue em discussão.

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem