CartaExpressa

CCJ da Câmara aprova retomada de projeto que veta vacinas contra a Covid-19 para crianças

O Projeto de Decreto Legislativo, da deputada federal Julia Zanatta (PL), quer anular a nota técnica do Ministério da Saúde

Foto: Agência Câmara
Apoie Siga-nos no

A Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados aprovou, nesta terça-feira 28, um recurso para que volte a tramitar na Casa um projeto que quer anular a nota técnica do Ministério da Saúde que prevê a inclusão da vacinação contra a Covid-19 no Calendário Nacional de Vacinação Infantil.

O Projeto de Decreto Legislativo n° 486/23, pautado pela deputada federal Julia Zanatta (PL), argumenta a favor da autonomia das famílias em aplicarem as vacinas, sem intervenção estatal.

Em um trecho do PDL, a parlamentar chega a justificar que a medida do Ministério da Saúde seria ‘descabida’ e sujeitaria as crianças a riscos adversos das vacinas.

O recurso apresentado pela parlamentar foi aprovado com 28 votos favoráveis e 14 contrários; agora, precisa ser votado pelo plenário da Câmara.

ENTENDA MAIS SOBRE: , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Relacionadas

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Apoie o jornalismo que chama as coisas pelo nome

Os Brasis divididos pelo bolsonarismo vivem, pensam e se informam em universos paralelos. A vitória de Lula nos dá, finalmente, perspectivas de retomada da vida em um país minimamente normal. Essa reconstrução, porém, será difícil e demorada. E seu apoio, leitor, é ainda mais fundamental.

Portanto, se você é daqueles brasileiros que ainda valorizam e acreditam no bom jornalismo, ajude CartaCapital a seguir lutando. Contribua com o quanto puder.

Quero apoiar