CartaExpressa

Calheiros a Bolsonaro: Nada nos deterá no cumprimento do nosso papel

Provável relator da CPI da Covid-19, senador alagoano acusa o governo federal de tentar politizar a investigação

Foto: Jonas Pereira/Agência Senado
Foto: Jonas Pereira/Agência Senado

O provável relator da CPI da Covid-19, o senador Renan Calheiros (MDB-AL), criticou o governo do presidente Jair Bolsonaro por tentar removê-lo do cargo antes mesmo de assumir.

Em conversa com CartaCapital nesta terça-feira 20, o parlamentar acusou o Planalto de tentar “politizar a investigação”.

“Eles não conseguirão [politizar]. Faremos uma investigação eminentemente técnica e nosso único inimigo é a pandemia. A sociedade apoia a CPI e ela tem especificidades”, declarou o senador, que acrescentou: “Muita coisa está postada, confessada, testemunhada, produzida e comprovada”.

Na segunda-feira 19, o Senado confirmou que a instalação da comissão, que seria na próxima quinta-feira 22, ficou para a semana que vem. Com isso, o governo federal ganha mais uns dias para tentar substituir Calheiros por alguém mais próximo a Bolsonaro.

“Nada nos deterá no cumprimento do nosso papel, não adianta”, reforça o senador.

Assine nossa newsletter

Receba conteúdos exclusivos direto na sua caixa de entrada.

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fonte confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!