CartaExpressa

Brasil e EUA devem se comportar como amigos em busca de objetivos comuns, diz Lula a Biden

Os presidentes lançam nesta quarta, em Nova York, a ‘Parceria pelos Direitos dos Trabalhadores e Trabalhadoras’

Encontro entre os presidentes Lula e Joe Biden, em Nova York, em 20 de setembro de 2023. Foto: Jim Watson/AFP
Apoie Siga-nos no

O presidente Lula se reuniu na tarde desta quarta-feira 20 com o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, em Nova York, à margem da Assembleia Geral da ONU.

Após o encontro, os dois lançarão a Parceria pelos Direitos dos Trabalhadores e Trabalhadoras, uma iniciativa para “estimular empregos de qualidade e proteger trabalhadores que atuam nas plataformas digitais”.

“Espero que a relação Estados Unidos e Brasil seja aperfeiçoada e que a gente se trate e se comporte como amigos em busca de um objetivo comum: desenvolvimento e melhoria de vida do povo”, disse Lula ao lado de Biden.

A meta oficial da nova parceria “é lutar contra a exploração, incluindo o trabalho forçado e o trabalho infantil, a economia informal, a discriminação no ambiente de trabalho, em particular contra mulheres e pessoas LGBTQI+, e a marginalização de grupos raciais e étnicos”.

ENTENDA MAIS SOBRE: , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Relacionadas

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Apoie o jornalismo que chama as coisas pelo nome

Os Brasis divididos pelo bolsonarismo vivem, pensam e se informam em universos paralelos. A vitória de Lula nos dá, finalmente, perspectivas de retomada da vida em um país minimamente normal. Essa reconstrução, porém, será difícil e demorada. E seu apoio, leitor, é ainda mais fundamental.

Portanto, se você é daqueles brasileiros que ainda valorizam e acreditam no bom jornalismo, ajude CartaCapital a seguir lutando. Contribua com o quanto puder.

Quero apoiar