CartaExpressa,Política

Bolsonaro permanecerá internado e fará ‘tratamento conservador’, diz boletim médico

Bolsonaro permanecerá internado e fará ‘tratamento conservador’, diz boletim médico

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

O Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, divulgou um boletim na noite desta quarta-feira 14 no qual afirma que o presidente Jair Bolsonaro permanecerá internado. Não há menção a uma possível cirurgia de emergência.

Bolsonaro teve diagnosticado um quadro de obstrução intestinal e foi transferido de Brasília para a capital paulista para realização de exames e análise da necessidade de uma operação.

“O Senhor Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, foi transferido na noite desta quarta-feira para o Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, após passar por uma avaliação no Hospital das Forças Armadas, em Brasília, e ser diagnosticado com um quadro de suboclusão intestinal. Após avaliações clínica, laboratoriais e de imagem realizadas, o Presidente permanecerá internado inicialmente em tratamento clínico conservador”, diz o boletim divulgado pelo hospital.

Bolsonaro chegou a São Paulo pouco antes das 19h, em um avião da Força Aérea Brasileira. De ambulância, seguiu do Aeroporto de Congonhas para o hospital, onde está sob os cuidados do cirurgião gástrico Antonio Luiz Macedo. Trata-se do médico que acompanha a saúde de Bolsonaro desde a facada, em 2018.

O presidente foi internado na manhã desta quarta no Hospital das Forças Armadas, em Brasília, após sentir dores abdominais na madrugada.

 

 

Responda nossa pesquisa e nos ajude a entender o que nossos leitores esperam de CartaCapital

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem