CartaExpressa

Bolsonaro ironiza Moro como candidato: ‘Quero ver falando com o povo’

Em conversa com apoiadores na porta do Palácio do Alvorada, o presidente insinuou que falta ao ex-juiz postura de político

Bolsonaro e Moro. Foto: Alan Santos/PR
Bolsonaro e Moro. Foto: Alan Santos/PR

O presidente Jair Bolsonaro ironizou, na noite de segunda-feira 22, a pré-candidatura do seu ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro à Presidência da República.

Em conversa com apoiadores na porta do Palácio do Alvorada, o ex-capitão insinuou que falta ao ex-juiz postura de político.

“Quero ver ele em um carro de som falando com o povo. Só isso e mais nada”, afirmou o presidente.

Não é a primeira vez que Bolsonaro atacou Moro. Na semana passada, o presidente disse que o ex-ministro havia ficado no governo por mais de um ano e, mesmo assim, “não aprendeu nada”.

Na conversa com simpatizantes, o ex-capitão ameaçou não renovar a concessão da TV Globo.

Assine nossa newsletter

Receba conteúdos exclusivos direto na sua caixa de entrada.

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fonte confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!