CartaExpressa

Bolsonaro diz que STF articula para Lula ser eleito ‘na fraude’

Em conversa com apoiadores, presidente voltou a ameaçar: ‘Vamos ter problemas no Brasil’ se não tiver voto impresso

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro afirmou, nesta quinta-feira 1, que haverá “problemas no Brasil” caso o voto impresso não passe a valer nas eleições nacionais de 2022.

Em conversa com apoiadores na porta do Palácio do Alvorada, o presidente disse que há uma articulação de três ministros do Supremo Tribunal Federal contra a proposta.

“Se não tiver [voto auditável], vai ter que ter uma maneira de ter eleições limpas, pois se não tiver vamos ter problemas. Eu estou me antecipando os problemas para o ano que vem”, declarou. “Tiraram o Lula da cadeia para ele ser eleito na fraude e isso não vai acontecer”, acrescentou.

“Como está aí a fraude está escancarada. Se essa articulação prosperar, esses três vão ter que apresentar outra maneira de termos eleições confiáveis com contagem. Não adianta vir com argumento de que é muito caro, porque dinheiro tem”, disse Bolsonaro.

Veja o vídeo:

Assine nossa newsletter

Receba conteúdos exclusivos direto na sua caixa de entrada.

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fonte confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!