CartaCapital

assine e leia

São Paulo/ Botão “liga e desliga”

Novas câmeras vão permitir que o policial escolha quando iniciar gravação

O exitoso programa é boicotado pelo governador Tarcísio de Freitas – Imagem: PMSP/GOVSP
Apoie Siga-nos no

Concebidas para coletar provas contra suspeitos, mas também para fiscalizar a atividade policial, as câmeras corporais da PM de São Paulo passarão a ter um botão de “liga e desliga”, que permitirá ao policial decidir quando iniciar a gravação. Ao anunciar a aquisição de 12 mil novos equipamentos com essa funcionalidade, o governo paulista justificou que o registro ininterrupto de imagens traz elevados custos de armazenamento, além de “comprometer severamente a privacidade” dos agentes em serviço.

Na segunda-feira 27, a Defensoria Pública de São Paulo encaminhou uma petição ao Supremo Tribunal Federal, solicitando mudanças no edital da Secretaria de Segurança Pública. Na peça, a defensora Fernanda Balera, coordenadora do núcleo de Direitos Humanos do órgão, observa que as mortes em intervenções policiais despencaram após a instalação das câmeras que não poderiam ser desligadas em momento algum. “É justamente a partir dessa mudança que se começa a observar a queda nos índices de letalidade.”

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Apoie o jornalismo que chama as coisas pelo nome

Depois de anos bicudos, voltamos a um Brasil minimamente normal. Este novo normal, contudo, segue repleto de incertezas. A ameaça bolsonarista persiste e os apetites do mercado e do Congresso continuam a pressionar o governo. Lá fora, o avanço global da extrema-direita e a brutalidade em Gaza e na Ucrânia arriscam implodir os frágeis alicerces da governança mundial.
CartaCapital não tem o apoio de bancos e fundações. Sobrevive, unicamente, da venda de anúncios e projetos e das contribuições de seus leitores. E seu apoio, leitor, é cada vez mais fundamental.
Não deixe a Carta parar. Se você valoriza o bom jornalismo, nos ajude a seguir lutando. Assine a edição semanal da revista ou contribua com o quanto puder.

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo