Você está aqui: Página Inicial / Tecnologia / Teletime: Google já pode ser o segundo maior faturamento de publicidade do Brasil

Tecnologia

Mídia

Teletime: Google já pode ser o segundo maior faturamento de publicidade do Brasil

por Redação Carta Capital — publicado 01/04/2013 18h59, última modificação 01/04/2013 18h59
Segundo um executivo do setor de mídia, o Google hoje está atrás apenas das Organizações Globo
Google

Foto: ©AFP / Emmanuel Dunand

por Teletime*

Um importante executivo do setor de mídia afirmou ao site Teletime haver indícios de que o Google já possui o segundo maior grupo de mídia no País, à frente da Editora Abril e atrás apenas das Organizações Globo em faturamento de publicidade.

O Google não revela seu faturamento regional, segundo o executivo, possivelmente por razões fiscais, em uma tentativa de evitar problemas como tem acontecido na Europa, onde alguns países pressionam por uma taxação local das receitas. Fontes da área de mídia confirmam a importância econômica do grupo e a importância que ele tem na Internet.

No entanto, o Projeto Inter-Meios, estudo sobre investimentos em mídia conduzido pelo Grupo Meio & Mensagem e pela PriceWaterhouseCoopers, indica que em 2012, a Internet teve crescimento de apenas 4,3%, abocanhando um share (participação no mercado) de 5,3% (pouco mais de R$ 1,5 bilhão). Chama a atenção o fato de o crescimento do meio Internet ter sido inferior ao crescimento do mercado publicitário no País, estimado em 6% pelo próprio Inter-Meios em 2012, o que contradiz o explosivo aumento do acesso à rede no Brasil. A razão para a disparidade seria justamente o fato de faturamentos como o do Google e do Facebook não serem medidos.

Procurado pela Teletime, o Google não deu informações sobre seu faturamento, tampouco quis comentar seu desempenho do mercado publicitário para Internet no Brasil.

Para José Carlos Salles Neto, presidente do Grupo Meio & Mensagem, o crescimento tímido do meio é natural e os crescimentos expressivos que a Internet apresentava há alguns anos não deve mais se repetir, porque já existe um amadurecimento do mercado.

Salles Neto acredita que a participação do Google na pesquisa do Projeto Inter-meios  poderia contribuir para uma maior participação da Internet no bolo publicitário.

Conteúdo publicado originalmente na Teletime.

registrado em: ,