Você está aqui: Página Inicial / Tecnologia / Realidade virtual protagoniza a feira de games E3

Tecnologia

Games

Realidade virtual protagoniza a feira de games E3

por AFP — publicado 16/06/2015 04h13
O maior salão mundial de videogames também tem uma disputa pela transmissão ao vivo das partidas
David McNew / Getty Images / AFP
Feira E3

Pessoas observam gráfico de game em Los Angeles, antes da abertura da E3

Por Glenn Chapman

A realidade virtual será, desta vez pra valer, a estrela do E3, o maior salão mundial sobre videogames do mundo, que abre suas portas nesta terça-feira em Los Angeles. 

Os videogames de grande sucesso vão voltar a ser a principal atração da maior feira do setor, mas nos bastidores a atenção vai para a promessa de entrar em jogos virtualmente e assisti-los como espectador via streaming"Como acontece todos os anos, o E3 vai girar especialmente em torno dos videogames famosos que vão invadir o planeta", afirmou Scott Steinberg, analista da TechSavvy, em entrevista à AFP.

"Mas há outras guerras sendo travadas paralelamente. O YouTube está tentando se posicionar para se tornar o destino de referência dos 'gamers', embora o Twitch esteja fortemente posicionado...e, claro, há a realidade virtual", disse. 

Os analistas esperam que esta seja a verdadeira ocasião para a realidade virtual, que está por aí há décadas mas permaneceu apenas uma promessa para os jogadores que querem mergulhar em seu mundo virtual favorito.

A empresa Oculus, que faz parte do Facebook, tem se comprometido a fazer demonstrações em tamanho natural dos jogos de imersão total. Recentemente, apresentou o Rift, seu capacete de realidade virtual, que será vendido a partir do início do próximo ano. A empresa prometeu, quando anunciou a venda de seu principal produto no início de maio, que ofereceria conteúdos atraentes, e o E3 deve dar a oportunidade para testar tais conteúdos.

A presença da gigante japonesa Sony na E3 será dedicada principalmente ao seu próprio capacete de imersão total em jogos, o Projeto Morpheus, que ainda recebe os últimos retoques para uma futura comercialização. "O potencial das tecnologias imersivas vai muito além dos videogames, mas este é um bom começo", afirmou Brian Blau, analista da Gartner.

"Os desenvolvedores de jogos sabem melhor do que ninguém como mergulhar pessoas em simulações gráficas, por isso é natural pensar que eles serão os primeiros a oferecer conteúdo", acrescentou, observando que uma luta implacável é esperada neste novo segmento de mercado. 

O outro grande cenário do E3 que será palco de confrontos é o da transmissão de partidas de videogames. O YouTube, da Google, vai atacar o Twitch, que domina o setor em franco crescimento, apresentando sua plataforma de compartilhamento de vídeos online para os seguidores de jogos eletrônicos.

O Youtube Gaming vai estrear na Grã-Bretanha e nos Estados Unidos nos próximos meses, de acordo com Alan Joyce, responsável por este novo produto. "O Youtube Gaming é projetado para ser focado em seus jogos e jogadores favoritos, com mais vídeos do que qualquer outro lugar", prometeu. 

Feira E3
Visão do Centro de Convenções de Los Angeles, que abriga a E3, maior feira da bilionária indústria de games

O Twitch tentará fazer uma demonstração de força e habilidade ao vivo com coletivas de imprensa, demonstrações e entrevistas. O Twitch - que a Amazon comprou por 970 milhões de dólares em dinheiro no ano passado - completará sua oferta em inglês com programas mais regionais por meio de parcerias com o francês jeuxvideo.com ou o Rocket Beans TV para o alemão.

O Twitch permite ver ao vivo e online partidas de videogame como se fosse um jogo de futebol ou tênis, ou eventos relacionados ao mundo dos videogames. A plataforma também permite interagir com jogadores e outros participantes, dando-lhe um ar de rede social.

O Twitch será compatível com a nova geração do Xbox e com o Playstation 4.

Bethesda, uma das gigantes norte-americanas da indústria dos videogames, aproveitará o salão E3 para apresentar com toda a pompa a quarta edição de sua série "Fallout". Foi escolhido nada menos que o Teatro Dolby, em Los Angeles, palco do Oscar, para revelar sua franquia pós-apocalíptica. 

"Fallout" não é o único sucesso de vendas que mostrará suas novidades no salão: Assassin's Creed, Call of Duty, Mass Effect e Batman também devem figurar entre os novos títulos.

registrado em: , , , ,