Você está aqui: Página Inicial / Tecnologia / Facebook vai permitir vídeos no Instagram

Tecnologia

Redes sociais

Facebook vai permitir vídeos no Instagram

por AFP — publicado 21/06/2013 14h29, última modificação 21/06/2013 14h48
Vídeos terão até 15 segundos de duração e devem competir com serviço Vine, do Twitter
Justin Sullivan/AFP
facebook.jpg-3968.html

O CEO do Instagram, Kevin Systrom, no evento para a imprensa

MENLO PARK, Estados Unidos (AFP) - O site de relacionamentos Facebook anunciou na quinta-feira 20 que irá adicionar o compartilhamento de vídeos para 'smartphones' à sua rede social fotográfica, Instagram. A manobra desafia o popular serviço de vídeos Vine, do Twitter.

"Precisamos fazer com o vídeo o que fizemos com as fotos", declarou o co-fundador do Instagram Kevin Systrom, ao lançar o serviço Video On Instagram durante um evento para a imprensa na sede do Facebook, em Menlo Park, no Vale do Silício (Califórnia, oeste dos EUA).

Segundo Systrom, os aplicativos de vídeo do Instagram, feitos sob medida para iPhones e celulares inteligentes equipados com o sistema Android, do Google, contêm 13 filtros para efeitos especiais e permitem aos usuários publicá-los em seus perfis no Facebook da mesma forma que fazem com as fotos.

Os vídeos terão até 15 segundos de duração, uma duração considerada nem muito longa, nem muito curta, de acordo com o co-fundador do Instagram.

Systrom afirmou que o Instagram alcançou 130 milhões de usuários e que todos terão "acesso a registrar os momentos do mundo em tempo real" desde o primeiro dia.

Os engenheiros do Instagram trabalhou com cientistas especializados em vídeo para desenvolver um recurso "cinematográfico", que estabiliza o tremor típico de vídeos gravados com 'smartphones'.

O Facebook comprou o Instagram no ano passado. O preço inicial foi de 1 bilhão de dólares, mas o valor final da negociação foi inferior, devido a uma desvalorização no preço das ações da rede social.

No começo deste ano, o Twitter lançou o serviço Vine, que permite aos usuários compartilhar vídeos curtos de até seis segundos de duração.

Leia mais em AFP Movel.

registrado em: