Você está aqui: Página Inicial / Sustentabilidade / Sorte de uns...

sustentabilidade

Contradição

Sorte de uns...

por Redação Carta Capital — publicado 21/07/2010 11h52, última modificação 21/07/2010 12h02
A Austrália barra a caça às baleias, mas autoriza a matança de 200 mil focas em cinco anos

A Austrália barra a caça às baleias, mas autoriza a matança de 200 mil focas em cinco anos

O governo da Austrália está disposto a entrar com representação na Corte Internacional de Justiça no sentido de impedir que o Japão continue caçando baleias na Antártida, sob a justificativa de que faz isso para alavancar pesquisas científicas. Japão, Noruega e Islândia matam, em conjunto, cerca de 2 mil baleias por ano.

A Austrália, que decretou o Atlântico Sul como santuário de baleias, entende que o Japão viola suas obrigações internacionais. Autoridades canadenses, por sua vez, devem autorizar a morte de 200 mil focas-cinzas ou esterilizar, em cinco anos, 16 mil fêmeas que vivem na Ilha Sable, tudo numa tentativa de proteger o bacalhau, vítima preferencial da espécie.