Você está aqui: Página Inicial / Sustentabilidade / Parlamento Europeu boicota Rio+20 devido aos preços dos hotéis

sustentabilidade

Protesto

Parlamento Europeu boicota Rio+20 devido aos preços dos hotéis

por AFP — publicado 09/05/2012 19h00, última modificação 09/05/2012 19h00
A justificativa é que os custos crescentes para participar desta cúpula são simplesmente injustificáveis, quando muitos europeus vivem dificuldades
Matthias Groote (à direita) com Janez Potocnik e Ida Auken. Foto: AFP

Matthias Groote (à direita) com Janez Potocnik e Ida Auken. Foto: AFP

BRUXELAS (AFP) - O Parlamento Europeu anunciou nesta quarta-feira 9 ter cancelado a viagem de uma delegação de onze representantes ao Rio de Janeiro para a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a "Rio+20", a ser celebrada em junho, como forma de denunciar as tarifas abusivas dos hotéis.

"Os custos crescentes para participar desta cúpula são simplesmente injustificáveis, quando muitos europeus vivem dificuldades financeiras", explicou o presidente da Comissão de Meio Ambiente do Parlamento Europeu, o socialista alemão Matthias Groote.

Groote pediu que o Parlamento Europeu envie um protesto formal ao secretário-geral da Conferência "Rio +20".

"O governo brasileiro deveria impedir tais abusos por parte dos hotéis. Isto faz parte de suas responsabilidades ao sediar uma conferência deste tipo", declarou por sua vez o liberal holandês Gerben-Jan Gerbrandy, que deveria liderar a delegação do Parlamento Europeu.