Você está aqui: Página Inicial / Sustentabilidade / O manejo do lixo na Holanda

sustentabilidade

Consumo

O manejo do lixo na Holanda

por Viomundo — publicado 27/04/2011 16h47, última modificação 27/04/2011 16h47
As pessoas na Holanda desenvolveram uma consciência em relação ao uso de de sacolas plásticas em supermercados. E no Brasil, será que é possível fazer o mesmo?

Por Rodrigo Queluz

(Comentário ao post O fim das sacolas plásticas em SP)

Estou a 3 semanas agora morando na Holanda, e me impressiono com a rigidez da população em relação ao lixo. Moro em uma cidade do interior (Nijmegen) e a coleta é extremamente seletiva. O lixo comum deve ser colocado em uma sacola especial, comprada no supermercado, que possui um lacre.

O plástico deve ser colocado em outra sacola especial, e tem dia e horário para passar (quinta de manha). E o papel também deve ser separado, e é coletado uma vez por mês.

O que voce tiver de vidro, voce pode levar ao supermercado e trocar por dinheiro. Nao muito, mas é alguma coisa.

As pessoas tem por hábito levar sacolas retornaveis, mochilas, e coisas assim para o supermercado. E os que reclamam de andar ou algo assim, as pessoas aqui carregam todas as compras equilibradas em sua bicicleta. Se precisar, voce pode solicitar sacolas, mas não é comum, e voce nao tem o que fazer com as sacolas depois.

Imagino eu que hoje em dia é cada vez menos comum as grandes compras mensais, feitas em epoca de incerteza de preço. Então não vejo como problema a quantidade de compras. E sempre achei mais prático sacolas grandes retornaveis ou caixas de papelão, pois cabe muito mais coisas.

As pessoas no Brasil estão imersas em um comodismo. Ninguem quer pagar 3 reais em um pacote com 100 sacos de lixo reciclaveis, preferem ficar usando sacolas de supermercado. Ninguem quer ir com sacola no supermercado, pois alegam ser mais dificil, até mesmo feio.

Na minha opiniao, deve ser feita uma conscientizacao nacional da populacao. Assim como na Holanda, a populacao deve fazer parte ativamente do processo, nao esperar milagres das empresas,pois estas só querem o lucro!

*Matéria publicada originalmente no blog do Luis Nassif