Você está aqui: Página Inicial / Sustentabilidade / Documentário sobre morte de casal ambientalista tem apresentação em SP

sustentabilidade

Amazônia

Documentário sobre morte de casal ambientalista tem apresentação em SP

por Redação Carta Capital — publicado 21/11/2011 17h40, última modificação 21/11/2011 17h40
'TOXIC: Amazônia' relata realidade na região onde ambientalistas José Claudio Ribeiro e Maria do Espirito Santo foram mortos, no coração da Amazônia, em maio deste ano

Será exibido, entre os dias 22 e 24 de novembro, o filme “TOXIC: Amazônia”, documentário sobre o assassinato do casal de ambientalistas José Claudio Ribeiro e Maria do Eespirito Santo no coração da Floresta Amazônica, em maio deste ano. O filme terá sessões gratuitas na Matilha Cultural, no centro de SP (veja endereço abaixo), durantes os três dias, a partir das 21h.

O filme conta a história do casal que foi morto no mesmo dia em que os deputados federais aprovaram, em Brasília, o polêmico texto do Código Florestal – que entre outros pontos, legalizou desmates praticados na floresta. Eles viviam em um assentamento próximo a Marabá, palco do documentário visitado pela equipe de filmagem um mês depois do assassinato.

O documentário mostra o trabalho do Ibama na região contra as madeireiras ilegais. A equipe visitou ainda um acampamento do MST, conheceu escravos foragidos e testemunhou a violência que permeia a cidade conhecida Marabala (mistura de "Marabá" com "Bala").

Ficha Técnica

Toxic: Amazônia @ Matilha Cultural

22 a 24 de novembro, às 21h

Rua Rego Freitas, 542 – São Paulo
Tel.: (11) 3256-2636
Horários de funcionamento: Terça-feira a sexta-feira: 12h às 21h/ Sábado: 14h às 20h/ Domingo: 12h às 20h

Wi-fi grátis

Cartões: VISA (débito/crédito)

Cinema da Matilha Cultural: 68 lugares + 2 cadeirantes (espaço preparado para pessoas com necessidades especiais de locomoção)

Entrada livre e gratuita, inclusive para cães

www.matilhacultural.com.br