Você está aqui: Página Inicial / Sociedade / UNE e UBES concordam com decisão da justiça sobre exame

Sociedade

Enem

UNE e UBES concordam com decisão da justiça sobre exame

por Redação Carta Capital — publicado 12/11/2010 15h45, última modificação 12/11/2010 15h49
Para as entidades estudantis, o cancelamento da prova prejudicaria milhões de inscritos e o mais correto seria a realização de um nova avaliação de caráter facultativo

A União Nacional dos Estudantes (UNE) e a União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES) se manifestaram, nesta sexta-feira 12, sobre a decisão do Tribunal Regional Federal que anulou a suspensão do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). Para as entidades estudantis, o cancelamento do exame prejudicaria milhões de inscritos e o mais correto seria a realização de uma nova prova de caráter facultativo.

Leia abaixo o posicionamento das entidades

A União Nacional dos Estudantes (UNE) e a União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES) concordaram nesta sexta-feira (12) a decisão do Tribunal Regional Federal da 5ª Região de derrubar a liminar que suspendia o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM).

Para as entidades estudantis, a anulação do Exame irá prejudicar milhões de estudantes que fizeram a prova em condições adequadas. A proposta da UNE e da UBES, inclusive levada ao ministro Fernando Haddad em reunião realizada ontem (11) em Brasília, é a de que seja feito um novo ENEM opcional para que nenhum estudante seja prejudicado.

Na reunião com o ministro, as entidades exigiram do ministro que fiquem claros quais os critérios para avaliar se um estudante vai poder ou não refazer a prova. Ficou também marcada uma nova reunião para a semana que vem.

"Vamos esperar até semana que vem. Vamos dialogar e avaliar a proposta do MEC. Mas se ela não atender a todos os prejudicados, a UNE e a UBES não aceitarão. Queremos que nenhum estudante seja prejudicado", disse Chagas.

Na próxima reunião, as entidades estudantis e o MEC também irão dar início a conversas sobre reformulações no ENEM 2011. Algumas idéias como o Exame ser seriado ou realizado mais de uma vez anualmente estarão em discussão.

Central de atendimento
Até as 12h desta sexta-feira (12), a central de atendimento da UNE e da UBES recebeu 1.482 reclamações de pessoas de todo o Brasil. A maioria das reclamações diz respeito à inversão dos cabeçalhos do gabarito, as outras dizem respeito aos problemas na prova amarela. Outros estudantes dizem que foram prejudicados pelo tumulto ocorrido pelos problemas.

O contato com a UNE e a UBES pode ser feito pelo e-mail [email protected] ou pelo telefone (11) 2771-0792.

registrado em: ,