Você está aqui: Página Inicial / Sociedade / Um país dominado pelo narcotráfico

Sociedade

Vanda Felbab-Brown

Um país dominado pelo narcotráfico

por Ariel Fagundes — publicado 13/08/2010 01h52, última modificação 13/08/2010 16h56
A pesquisadora de Georgetown fala dos cartéis no México
nosso_mundo_mexico

Vanda Felbab-Brown , professora da Universidade de Georgetown

A pesquisadora de Georgetown fala dos cartéis no México

Vanda Felbab-Brown,professora  da Universidade de Georgetowne integrante da Brookings Institution, pesquisa a interação entre economias ilícitas e  conflitos militares. Em 2009, lançou o livro Shooting Up: Counterinsurgency and the War on Drugs. Nesta entrevista a CartaCapital, a especialista fala da situação do México e conta como o crime organizado local expandiu sua área de atuação.

CartaCapital: Como os cartéis participam da política e da economia mexicana? Qual o nível de corrupção?

Vanda Felbab-Brown: A corrupção da economia e da política do México é questão de intenso debate. São contínuas as revelações de que várias instituições – bancos, negócios etc. – foram inundadas com dinheiro das drogas ou negociaram com cartéis organizados. No ano passado, brotaram alegações até mesmo de que a Pemex, a companhia petrolífera estatal do México, teria alguma infiltração do crime organizado. Uma vez que bilhões de dólares entram como resultado do comércio de drogas, claramente muito dinheiro é lavado na economia mexicana. O sistema político também está impregnado pelo crime organizado. No ano passado, o presidente (Felipe) Calderón prendeu dez prefeitos por conexões com o comércio de drogas, mas nove deles foram liberados por falta de evidências. Durante as recentes eleições no México, o prefeito de Cancún foi indiciado por conexões com a venda de drogas e muitas alegações circularam entre outros políticos. Embora o Partido Revolucionário Institucional (PRI), que ocupou a Presidência de 1929 a 2000, talvez tenha as mais próximas e mais extensas relações com o crime organizado, nem o Partido da Revolução Democrática (PRD) ou Partido Ação Nacional (PAN) são imunes aos cartéis.

*Confira a íntegra deste conteúdo na versão impressa.

registrado em: