Você está aqui: Página Inicial / Sociedade / SP vai sediar torneio internacional

Sociedade

Tênis

SP vai sediar torneio internacional

por Gianni Carta publicado 06/10/2011 14h06, última modificação 06/10/2011 14h18
Brasil Open, único torneio da ATP no País, é transferido da Costa do Sauipe, Bahia, para a capital paulista

A partir de 2012, o Brasil Open será realizado nos dois ginásios do Ibirapuera, em São Paulo. Disputado na Costa do Sauípe, na Bahia, durante 11 anos, a mudança deve-se à pressão da Associação dos Tenistas Profissionais (ATP) e dos patrocinadores. “Faz todo sentido trazer o torneio para São Paulo”, ofereceu Luis Felipe Tavares, presidente da Koch Tavares, a empresa responsável pela organização do evento. “É uma boa aposta porque São Paulo dará ainda maior visibilidade ao torneio”, acrescentou Tavares.

Apesar do charme de um torneio no paradisíaco Sauípe, o maior centro hoteleiro e turístico do Brasil situa-se a 70 quilômetros de Salvador. São Paulo, como disse para CartaCapital o governador Geraldo Alckmin, “tem escala”. O govenador acrescentou: “São Paulo é um centro irradiador de mídia, de eventos internacionais, dispõe de uma importante rede hoteleira, aeroportos, enfim, é uma cidade preparada para grandes eventos”.

O Brasil Open, vale exprimir, único torneio da ATP disputado no Brasil, inscreve-se na categoria de grandes eventos. Ao longo dos anos, trouxe para cá cinco tenistas a ocupar a primeira posição do ranking mundial, entre eles o espanhol Rafael Nadal, campeão em 2005, Gustavo Kuerten, bicampeão em 2002 e 2004, e o também espanhol Juan Carlos Ferrero, campeão em 2010.

Em São Paulo, os embates serão travados entre 11 e 19 de fevereiro em quadras de saibro nos ginásios Geraldo José de Almeida e Mauro Pinheiro, ambos situados no Conjunto Desportivo Constâncio Vaz Guimarães. Segundo Alckmin, foi um investimento de 27 milhões de reais.

O ginásio Geraldo José de Almeida tem capacidade para acolher até 7 mil torcedores, e o Mauro Pinheiro poderá receber até 3 mil.

O complexo esportivo será testado já em novembro, quando serão realizadas as ATP Challengers Finals. Essas finais reúnem os sete tenistas com melhores resultados em challengers durante a temporada, e mais o número 1 do Brasil, Thomaz Bellucci. Tenistas com pontos suficientes obtidos em challengers passam a jogar em competições da ATP World Tour.

Os preços dos ingressos para o Brasil Open ainda não foram definidos.

registrado em: