Você está aqui: Página Inicial / Sociedade / Sábia natureza

Sociedade

Crônica

Sábia natureza

por Menalton Braff publicado 20/05/2016 13h07
O padre Vieira diz que, entre os peixes, o que o escandaliza é o fato de os maiores comerem os menores

Românticos de todas as eras repetem que a natureza é mãe e sábia, muito sábia. E mãe zelosa, muito zelosa. Pois ontem tive debaixo de meus olhos um espetáculo do zelo e da sabedoria. 

No fundo de meu quintal cultivo pequeno jardim. Entre outras plantas, há um pé de fênix, aquela palmeira espinhenta tão comum na região. Como o muro é alto, o lugar é bem abrigado, principalmente de gatos, considerados pela família dos pássaros um de seus principais inimigos.

Os gatos, pelo menos aqueles que conheço, adoram comer um passarinho. Por essa razão, creio eu, um casal de rolinhas do tipo fogo-apagou resolveu construir seu ninho na fênix. O muro alto, a fênix espinhenta e as rolinhas provavelmente se sentiram ali seguras.

Ontem a pomba estava sossegada agasalhando seus filhotes de dois dias, quando vi um pica-pau sobrevoar o jardim. Em tudo o contrário da mansidão da rola. O pica-pau é forte e varonil, um porte atlético, corpo apropriado para a guerra. Seu bico, vocês já repararam?, seu bico foi projetado por algum engenheiro especialista em artefatos marciais. Pois eles não chegam a fazer buracos nas árvores?

Sentado na varanda, eu lia um livro Inventário do Tempo, de Michel Butor, e suspendi a leitura. Tenho alguns amigos que se sentem envergonhados por não terem lido todos os livros já publicados pela humanidade, por isso afirmam sempre que estão relendo o livro tal. Pois é, mas suspendi a leitura não porque fosse de Butor, o livro, mas porque o pica-pau acabava de pousar com estardalhaço ao lado do ninho com dois filhotes. A mãe foi expulsa de casa e de longe ficou assistindo ao espetáculo. À crueldade do espetáculo, diria eu.

Não sou tolo bastante para atribuir a crueldade a um ser amoral, como é o pássaro. Mas para meu olhar humano e atônito, ali, não poderia haver outra qualificação. O padre Vieira diz que entre os peixes o que o escandaliza é o fato de os maiores comerem os menores, pois são necessários milhares destes para alimentar aqueles. Se, pelo contrário, os menores comessem os maiores, não seria tanto escândalo, pois um só alimentaria milhares. Assim é a natureza, sábia e zelosa.

Os dois filhotes foram literalmente estraçalhados pelo bico guerreiro do pica-pau, que os deglutiu em poucos segundos. E soltou um guincho terrível, seu grito de Tarzan. Oh, mãe sábia e zelosa, não existe outro modo de sobrevivência sem estarmos sempre a nos devorar uns aos outros?

registrado em: