Você está aqui: Página Inicial / Sociedade / Rede social só para virgens estreia na internet

Sociedade

Internet

Rede social só para virgens estreia na internet

por Felipe Corazza — publicado 10/08/2010 10h21, última modificação 10/08/2010 15h38
Web agora tem endereço só para pessoas que querem manter a pureza até o casamento
YouAndMePure

You And Me Pure: endereço especial para virgens

Rede agora tem endereço só para pessoas que querem manter a pureza até o casamento

A especialização das redes sociais na internet é cada vez maior. Depois de Orkut, Facebook e Twitter, eis que surge um refúgio exclusivo para aqueles que só acreditam em sexo depois do casamento. O site "You and Me Pure" ("Você e eu, puros") reúne virgens do mundo inteiro - ou quase - em busca de relacionamentos.

No cadastro, o pretendente pode dizer se é "100% virgem" ou "menos de 100%, mas sem relação sexual". Só há estas duas opções. A triagem é rigorosa. O perfil só será aprovado após 72 horas, período em que os administradores avaliam se é verdadeiro e contém apenas informações relevantes. O serviço já está disponível em oito idiomas, incluindo o português.

A rede foi criada pelo casal americano Lety e Jose Colin. Em um texto no site, eles explicam que eram virgens quando se conheceram e se casaram, em 1993, ele com 34 anos, ela com 29.  "Nós vemos a virgindade como uma bênção que nos deu a oportunidade de gostar ainda mais um do outro", dizem os fundadores.

Os usuários também mandam testemunhos de histórias de amor bem-sucedidas que nasceram no site. Em uma das mensagens postadas, o marido enaltece a pureza da amada: "Estou muito feliz por ela valorizar a inocência que guardei exclusivamente para ela". Na mesma mensagem, a mulher responde que "no início, não houve atração física", mas que "hoje, é o homem mais lindo da Terra".

O site tem, ainda, uma lojinha virtual, que tem à disposição do internauta cartões, pulseiras e certificados - todos remetendo à virgindade e à pureza. Os certificados mais caros, de ouro e prata, já estão esgotados. Restam os cartões e as pulseiras. Por menos de 10 dólares, os usuários podem ostentar sua virgindade por aí.

registrado em: