Você está aqui: Página Inicial / Sociedade / Record quer se associar à RedeTV! nas transmissões do Brasileiro

Sociedade

Disputa

Record quer se associar à RedeTV! nas transmissões do Brasileiro

por Sul 21 — publicado 29/03/2011 08h35, última modificação 29/03/2011 08h35
A Rede Record, segundo a Folha de S. Paulo, reconhece os direitos adquiridos pela RedeTV! e dá demonstração de que não tem “armas” para enfrentar a Globo, que já anunciou acordo com mais de 9 clubes

Jorge Seadi, do Sul 21

Começa mais uma semana e também os novos lances da briga pelos direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro para o triênio 2012-14. Agora, é a Rede Record que deseja associar-se à RedeTV!, que foi a única emissora a apresentar proposta na concorrência realizada pelo Clube dos 13.

Com esta atitude, a Rede Record, segundo o jornal Folha de S. Paulo, reconhece os direitos adquiridos pela RedeTV! e também dá demonstração clara que não tem “armas” para enfrentar a Rede Globo que já anunciou acordo com mais de 9 clubes.

Ainda de acordo com o jornal paulista, a direção da Rede Record quer uma reunião com os dirigentes da RedeTV! ainda nesta semana, para propor uma negociação. A Record quer uma associação via sublicenciamento, com a colocação de mais dinheiro na negociação, aumentando — e muito — a proposta de R$ 516 milhões por ano feita pela RedeTV!. Com esta nova proposta a Record acredita que muitos clubes que teriam assinado com a Globo poderiam reconsiderar a decisão. Acreditam também que os clubes que ainda não fecharam com a Globo poderiam dar preferência à RedeTV!/Record.

Na semana passada a Folha de S.Paulo também noticiou que a Record teria oferecido ao Atlético Mineiro e ao Internacional R$ 60 milhões por ano apenas pela tevê aberta e quantia não revelada ao Atlético Paranaense e São Paulo. Atlético e Inter teria pedido R$ 70 milhões e a Record teria concordado.

Reunião no CADE
O presidente do Clube dos 13, Fábio Koff aguarda para esta semana reunião com o presidente do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE), Fernando Furlan, para explicar que o Clube dos 13 cumpriu integralmente o termo de ajuste assinado no ano passado com o órgão. Koff ainda vai notificar o CADE que a Rede Globo– que também assinou o termo de ajuste — não cumpriu o acordo. O Clube dos 13 quer que o CADE notifque a Globo e ainda anule os contratos assinados com os nove clubes anunciados pela emissora carioca. A semana começa com novos lances que deverão continuar ao longo desta semana e de muitas outras.

Rede Globo pune clubes fieis ao Clube dos 13
A disputa pelos direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro são para as disputas de 2012 em diante, mas a Rede Globo está usando o campeonato deste ano, o qual ainda nem começou, para punir os clubes que estão apoiando o Clube dos 13. O São Paulo, por exemplo, terá uma redução de quase 50% do número de jogos com transmissão em tevê aberta no campeonato que começa em maio. Aqui no Rio Grande do Sul, o Grêmio, que já assinou com a Rede Globo, terá mais jogos transmitidos em tevê aberta que o Internacional, que apoia o Clube dos 13. O colorado recebeu proposta da Globo e da Record e ainda não tomou uma decisão.

Na verdade, o grande prejudicado será o torcedor colorado. Ele terá que comprar o pacote pay-per-view, ou seja, terá que tirar dinheiro do bolso para pagar a Rede Globo, atualmente dona dos direitos de transmissão em todas as plataformas.

registrado em: