Você está aqui: Página Inicial / Sociedade / Políticas para mulheres em debate

Sociedade

Direitos

Políticas para mulheres em debate

por Redação Carta Capital — publicado 31/08/2010 14h50, última modificação 31/08/2010 17h31
Ações dos governos Covas e Alckmin nessa área são discutidas em encontro nesta quarta-feira, dia 1º

Ações dos governos Covas e Alckmin nessa área são discutidas em encontro nesta quarta-feira, dia 1º

Políticas para mulheres no governo de São Paulo é tema de encontro promovido pelo Observatório da Mulher que acontece dia 1º de setembro, em São Paulo. Com apresentação da jornalista e mestre em Ciências Sociais, Angélica Fernandes, o evento tem como objetivo mostrar as ações exclusivas dos governos Mário Covas e Geraldo Alckmin, dos períodos 1995 a 2006, voltadas à causa feminina. “A minha pesquisa começa exatamente 20 anos depois que a Organização das Nações Unidas (ONU) instituiu o Ano Internacional da Mulher, em 1975”, fala Angélica.

Ela antecipa que no encontro serão abordados os temas Saúde, Educação, Segurança Pública e Trabalho. Segundo Angélica, a ideia da pesquisa é ver como o Estado lidou com as reivindicações das mulheres e que, apesar de São Paulo ter sido vanguarda em políticas para as mulheres nos anos 80, “vimos que nem sempre há sucesso e prática dessas políticas. O caso das delegacias femininas é um deles. Por mais que seja prioridade do Plano Plurianual (PPA), não houve aumento efetivo das delegacias”, afirma.

Serviço
Políticas para Mulheres no governo de São Paulo - 1995 a 2006
Local: Sede do Sindicato dos Psicólogos
Rua Aimberê, 2.053
Realização: Observatório da Mulher

registrado em: