Você está aqui: Página Inicial / Sociedade / Passagens de ônibus já estão mais caras no Rio

Sociedade

Transporte

Passagens de ônibus já estão mais caras no Rio

por Agencia Brasil publicado 03/01/2015 14h34
As passagens dos ônibus municipais teve o preço do bilhete elevado de 3 para 3,40 reais
Milton Michida/GOVESP/FotosPúblicas

Depois dos táxis, cuja bandeirada teve seu preço reajustado ontem 2, os cariocas já pagam também 13,3% a mais no preço das passagens dos ônibus municipais, o que elevou o preço do bilhete de 3 para 3,40 reais. O aumento foi publicado no "Diário Oficial" do município.

Este foi o maior aumento das passagens de ônibus da capital fluminense autorizado pela prefeitura nos últimos anos e o maior da década, uma vez que o maior aumento neste período foi o de 10%, concedido em janeiro de 2012, quando a tarifa subiu de 2,5 reais para 2,75 reais.

Ao justificar o aumento, no entanto, a prefeitura argumentou que o reajuste seguiu “critérios fixados por contrato, e a fórmula de cálculo utiliza valores da Fundação Getulio Vargas (FGV) e do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)”.

Uma das causas das manifestações que tomaram as ruas das principais cidades do país em junho do ano passado, o aumento das passagens dos ônibus aqui no município do Rio de Janeiro já havia causado polêmica em fevereiro deste ano, quando os preços subiram de R$ 2,75 para R$ 3. Na ocasião, um relatório técnico do Tribunal de Contas do Município chegou a sugerir que o valor caísse para R$ 2,50.

O prefeito Eduardo Paes disse não temer possíveis manifestações em decorrência da alta. “Ninguém pode temer protestos até porque eles fazem parte do processo democrático. Nós fizemos aumento no ano passado e faremos novamente este ano. Ele é amparado em contrato e é normal que aconteça.”

Eduardo Paes justificou o reajuste ainda com a argumentação de que o aumento garantirá que toda a frota do município contará com aparelhos de ar condicionado a partir de 2016. “O aparelho de ar condicionado significa um custo maior para as empresas tanto na compra quanto na manutenção dos ônibus. Na próxima semana, nós vamos publicar um decreto com o cronograma que obrigará as empresas a implantar gradativamente esses novos ônibus de modo a que possamos chegar a 2016 com todos os ônibus dotados de aparelhos de ar condicionado.”

Mas não será só pela passagem de ônibus e de táxis que o carioca terá que pagar mais caro neste início de ano. No último dia 30, a Agência Reguladora de Serviços Públicos Concedidos de Transportes Aquaviários, Ferroviários e Metroviários e de Rodovias do Estado do Rio de Janeiro (Agetransp) já havia autorizado reajustes nas tarifas das barcas e dos trens, que vão vigorar, neste caso, a partir de fevereiro.

A tarifa das barcas, que hoje é R$ 4,80, subirá para R$ 5,0 e a dos trens de R$ 3,20 vão para R$ 3,30. Os novos preços podem ser cobrados a partir do dia 12 de fevereiro. Também as passagens dos ônibus e vans intermunicipais serão reajustadas em 12,46%. A tarifa passará de R$ 2,80 para R$ 3,15.