Você está aqui: Página Inicial / Sociedade / Parceria entre sindicatos garante mais verba para a TVT

Sociedade

Mídia

Parceria entre sindicatos garante mais verba para a TVT

por Redação — publicado 26/07/2014 10h54
Bancários e metalúrgicos passam a financiar juntos o canal de TV. Hoje praticamente toda a população da Grande São Paulo está coberta pelo canal, seja por UHF ou cabo
seu jornal.jpg

Apresentador do "Seu Jornal", carro-chefe da TVT

Nesta sexta-feira, 25, o espaço midiático dos trabalhadores ganhou um importante reforço. Isso porque os Sindicatos dos Metalúrgicos do ABC e o Sindicato dos Bancários e Financiários de São Paulo, Osasco e Região assinam uma parceria que prevê mais recursos para a produção da programação da TV dos Trabalhadores (TVT) e da Rádio Brasil Atual.

A TVT, que completa 4 anos em 23 de agosto, foi fruto de quase 30 anos de luta do sindicato dos metalúrgicos para manter um veículo que desse voz aos trabalhadores e aos movimentos sociais. Com a parceria, o canal, antes financiado apenas pela verba do sindicato dos metalúrgicos, passa a receber um importante apoio para manter e ampliar seu conteúdo.

“Agora, os Bancários entrarão como co-mantenedores, o que significa que eles vão ‘rachar’ as contas com a gente. Nós também temos, por sermos veículos educativos, apoio cultural do Ministério da Cultura e publicidade institucional, mas a maioria dos recursos vem do Sindicato dos Metalúrgicos”, explica Valter Sanches, diretor de comunicação do Sindicato e presidente da Fundação Sociedade Comunicação, Cultura e Trabalho, entidade sem fins lucrativos que administra a emissora.

Para Sanches, a possibilidade de ampliar a programação com uma grade que defende o interesse público é o maior ganho da empreitada. “A cobertura de política é o nosso principal foco, mas sempre a partir da ótica dos movimentos sociais e sindical. Como diz o lema da rádio Brasil Atual [que faz parte do grupo da TVT] - ‘As notícias que os outros não dão’- , continuaremos cobrindo e esclarecendo, mostrando o outro lado da moeda, que não é mostrado na mídia tradicional.”

Sanches reforça, ainda, a importância de não se ter um espaço exclusivamente comercial na televisão. “Hoje, grande parte da mídia tem, como são emissoras comerciais, produção e programação voltada para o retorno comercial. Isso reflete na qualidade dos programas e nos valores que eles passam.”

Atualmente, a TVT tem 1h30 de programação inédita diária, mas com a parceria dos Sindicatos, a grade será ampliada. “Temos três programas no forno, inclusive um que estamos negociando também pra entrar na grade nacional da TV Brasil, sobre direitos humanos.” adianta Sanches. “Queremos ter uma revista eletrônica, nos moldes do Fantástico ou Domingo Espetacular. E, no caso da rádio, ter finalmente uma grade completa”. A rádio tem, hoje, um jornal pela manhã, um programa de música sertaneja e mais um programa, também de músicas, à tarde. “É muito pouco” admite o diretor.

Os avanços na qualidade do sinal e na distribuição já serão sentidos nas próximas semanas. “Primeiro, nós, em duas semanas, vamos aumentar muito nosso alcance, com o canal em São Paulo e vamos ter também canais a cabo na região do ABC, da Vivo e da Net, além do reforço de caixa para aumentar a produção própria.” A torre utilizada hoje é alugada da TV Aparecida.

No ano passado, a Fundação teve que realizar um corte de 15% no orçamento, o que resultou em demissões. “Nós chegamos num ponto em que foi preciso fazer um corte nas nossas despesas, no conjunto dos veículos de imprensa que a gente tem, inclusive nas imprensas dos sindicatos e no jornal que mantemos na região do ABC, o ABCD Maior.”

O carro-chefe da TVT é o “Seu Jornal”, transmitido ao vivo, de segunda à sexta, às 19 horas, com duração de 30 minutos. É possível conferir a programação nos canais 44 UHF e 2 da NET, além do site www.tvt.org.br. Segundo estimativas passadas pela TVT, o canal, hoje, alcança quase toda a população da grande São Paulo e da capital, além de mais de 500 mil pessoas na região de Mogi das Cruzes e Alto do Tietê (canal 46 UHF). Com a inauguração de dois canais digitais 24 horas no ABCDM, o público exposto aumentará em mais um milhão. A programação da rádio, por sua vez, pode ser conferida no 98,9 FM, em São Paulo.

Fazem parte do grupo de comunicação da TVT a rádio Brasil Atual, a agência de notícias Rede Brasil Atual e o jornal ABCD Maior.