Você está aqui: Página Inicial / Sociedade / Os caras pintadas nas ruas de Porto Alegre

Sociedade

Movimento jovem

Os caras pintadas nas ruas de Porto Alegre

por Celso Marcondes — publicado 28/03/2009 17h45, última modificação 19/08/2010 17h48
O movimento “A volta dos caras-pintadas – Ella não pode continuar” realizou em Porto Alegre neste manhã de quinta-feira, dia 26, uma passeata pedindo a apuração das denúncias contra a governadora Yeda Crusius.

O movimento “A volta dos caras-pintadas – Ella não pode continuar” realizou em Porto Alegre neste manhã de quinta-feira, dia 26, uma passeata pedindo a apuração das denúncias contra a governadora Yeda Crusius.

Mais de mil estudantes estiveram presentes, com representações dos grêmios das escolas de ensino médio do estado, dos DCEs e de diretórios. O movimento é formado por mais de 20 entidades estudantis do Estado. Foi lançado no dia 5 de março, na Assembléia Legislativa do RS. Ele reivindica a apuração das denúncias feitas por parlamentares do PSOL, de que membros do primeiro escalão do governo gaúcho teriam sido flagrados, em áudio e vídeo, negociando e recebendo doações irregulares para a campanha de Yeda Crusius (PSDB), atual governadora do Rio Grande do Sul.

A presidente da UNE, Lúcia Stumpf, presente no Ato, afirmou depois da manifestação que a governadora Yeda Crusius “não tem nenhum apreço para com a juventude gaúcha”. Segundo Lúcia, “ela tem acabado com a qualidade do ensino no estado. Não tem compromisso com os estudantes e nem com o povo gaúcho, como fica evidente pelas denúncias que se avolumam”.

Lúcia, satisfeita com os resultados da passeata, disse que “os caras pintadas voltaram às ruas” e que nova manifestação acontecerá nesta segunda-feira, além de muitas outras que estão programadas para o mês de abril.

Tudo aconteceu sem nenhum incidente, percorrendo as principais vias do centro como a Avenida João Pessoa e a Avenida Salgado Filho até o Palácio Piratini, sede do governo estadual. Ali, os manifestantes leram uma carta-aberta do Movimento e queimaram um boneco simbolizando a governadora.