Você está aqui: Página Inicial / Sociedade / Neoliberalismo não protege a natureza

Sociedade

Pequenas Utopias

Neoliberalismo não protege a natureza

por Milton Nogueira — publicado 21/10/2010 10h14, última modificação 21/10/2010 10h14
Alô! Eleitores da Marina, agora que vocês têm de escolher em quem votar para o próximo presidente, na certa querem saber o que cada candidato propõe para proteger a natureza. Mas como escolher?

Alô! Eleitores da Marina, agora que vocês têm de escolher em quem votar para o próximo presidente, na certa querem saber o que cada candidato propõe para proteger a natureza. Mas como escolher, em meio a tantas promessas e propostas? O Brasil continental não tem solução simples, tudo se complica na hora de fazer.

Na minha opinião será fácil decidir, bastando ver se o modelo econômico de cada candidato tem ou não condições de proteger a natureza. Hoje em dia se sabe que isso tem mais a ver com a forma de extrair coisas da natureza do que mesmo com o trabalho de ecologistas e fiscais. Há certos modelos econômicos que não foram formulados para proteger a natureza.

A Amazônia pega fogo não porque o fazendeiro seja destruidor mas porque ele trabalha num modo de negócios, o agronegócio, que o leva a sempre buscar outras terras para desmatar, após abandonar a antiga. E ele irá continuar a desmatar com ou sem fiscalização, com ou sem ambientalista, com ou sem lei, tudo porque o modelo econômico brasileiro de exploração agrícola atual lhe impõe essa forma de lidar com a terra e com a floresta.

Um rio que atravesse uma cidade fica cada vez mais sujo porque os consumidores e as empresas, na ânsia de atender o mercado, fazem dele uma lixeira, um lugar sem dono e que pode receber a sujeira.

A mesma coisa se passa com a mineração, a industria florestal, pesca, manufatura, construção civil, transportes. No modelo neo-liberal a natureza é fonte de minério, água, areia, peixe, solo, árvore, pasto, ou seja, um mero fornecedor de matéria prima. Na teoria econômica clássica há três componentes- trabalho, capital e terra. No século XX, o modelo neo-liberal reconheceu outros dois componentes- tecnologia e empreendedor. De qualquer modo, a função da terra, ou seja a natureza, é apenas um componente inerte do sistema econômico.

Como escolher entre os dois candidatos? Observe que o neoliberal não terá condições de proteger a natureza, mesmo que jure de pés juntos e reze para Nossa Senhora Aparecida.

registrado em: