Você está aqui: Página Inicial / Sociedade / "Não levem o Lulu tão a sério", dizem internautas

Sociedade

Enquetes - CartaCapital

"Não levem o Lulu tão a sério", dizem internautas

por Redação — publicado 06/12/2013 11h38
A maioria dos leitores que votaram em enquete minimiza a importância do aplicativo para avaliar as habilidade masculinas

O site de CartaCapital perguntou: o aplicativo “Qual a sua opinião sobre o Lulu, o polêmico aplicativo que permite às mulheres ‘avaliar’ os homens”.

Entre os dias 29 de novembro e 6 de dezembro, 4.870 leitores participaram da enquete. Para a maioria (2.958, ou seja, três em cada cinco), o aplicativo não deve ser levado “tão a sério”. Outros 729 internautas disseram que “banco de referência” para homens é bobagem.

Para outros 670 leitores, o Lulu incomoda ao evidenciar a liberdade sexual feminina .

Outros 382 consideram o programa “machista”, pois “foca na ‘confiabilidade’ dos homens para os relacionamentos e não no sexo”.

Um grupo minoritário (128 pessoas) manifestou que o aplicativo é ótimo por tratar-se de um “troco” aos homens.

A nova enquete já está  no ar: O que você acha do projeto de lei do deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ) para regulamentar o trabalho das/dos profissionais do sexo?

Participe!

registrado em: ,