Você está aqui: Página Inicial / Sociedade / Manifestação do MPL termina com 22 detidos em São Paulo

Sociedade

Protestos

Manifestação do MPL termina com 22 detidos em São Paulo

por Agência Brasil publicado 24/10/2013 08h54, última modificação 24/10/2013 10h57
O movimento pede linhas circulares de ônibus 24 horas por dia, a volta das linhas diretas dos bairros para o centro e a construção de estações de trem na zona sul

Fernanda Cruz

Um protesto do Movimento Passe Livre (MPL), na zona sul da capital paulista, durante a noite de ontem (23), teve confronto entre policiais e manifestantes. Segundo informações da Polícia Militar, 22 pessoas foram conduzidas ao 101º Distrito Policial e liberadas na madrugada.

De acordo com a PM, 400 manifestantes participaram do protesto, que teve atos de vandalismo. Lojas, agências bancárias, uma banca de jornal e o vidro traseiro de um veículo da Polícia Civil foram depredados. No início do protesto, os manifestantes também queimaram uma catraca.

O movimento pedia linhas circulares de ônibus entre os bairros 24 horas por dia, a volta das linhas diretas dos bairros para o centro da cidade e a construção imediata de estações de trem nos terminais Varginha e Parelheiros, na zona sul.

A manifestação começou às 17h40, interditando a Avenida Belmira Marin, na região do Grajaú. Posteriormente, os manifestantes seguiram pela Avenida Senador Teotônio Vilela e Avenida Atlântica. O protesto acabou por volta das 2h.