Você está aqui: Página Inicial / Sociedade / Lula é recebido com o tema da vitória em seu último 7 de setembro como presidente

Sociedade

Independência

Lula é recebido com o tema da vitória em seu último 7 de setembro como presidente

por Redação Carta Capital — publicado 07/09/2010 15h14, última modificação 07/09/2010 18h14
Clima atrapalhou os desfiles e a manifestação do Grito dos Excluídos prevista para hoje

Clima atrapalhou os desfiles e a manifestação do Grito dos Excluídos  prevista para hoje

Com público estimado em 25 mil pessoas, o Dia da Independência, na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, começou por volta das 9h. A tradicional banda Dragões da Independência inovou e tocou músicas da colombiana Shakira e da nova-iorquina Lady Gaga.

Para enfrentar o forte calor e a baixa umidade, foram criados 28 pontos de distribuição de água e 16 pontos de atendimento. Já em São Paulo, a forte garoa na capital, no início da manhã, afugentou o público esperado para o desfile cívico.

O presidente Lula, em sua oitava participação no desfile e última como presidente da República, junto com a primeira-dama, Marisa Letícia foram recebidos pela na Esplanada pela música símbolo de vitória, eternizada pelo piloto de Fórmula 1, Ayrton Senna.

O desfile, que custou certa de R$ 1 milhão, teve representantes do Exército, da Marinha e da Aeronáutica, além da tradicional participação da Esquadrilha da Fumaça, que coloriu o céu da Esplanada com as cores da bandeira nacional.

Dos 37 ministros estavam presentes Henrique Meirelles, presidente do Banco Central, Paulo Barreto do Ministério da Justiça, Celso Amorim das  Relações Exteriores, Franklin Martins da Comunicação Social, entre outros.

Na capital paulista o desfile que comemora o Dia da Independência e que aconteceu no Sambódromo no Anhembi, começou debaixo de chuva forte. Com isso a passagem dos veteranos foi antecipada. Por conta do tempo ruim a estimativa de público, que era de 30 mil ficou abaixo do esperado.

Em São Caetano do Sul, na Grande São Paulo o desfile militar foi cancelado, por conta da chuva. O mesmo aconteceu com a edição paulista do Grito dos Excluídos. Realizada em outros estados a manifestação popular, em sua 16º edição, visa a aproveitar o feriado da Independência para protestar contra a exclusão social e as mazelas do País. O Grito aconteceu e reuniu milhares de pessoas em outras capitais, como Recife e Salvador.

registrado em: