Você está aqui: Página Inicial / Sociedade / Habeas corpus é protocolado em defesa de atropelador

Sociedade

Cidadania

Habeas corpus é protocolado em defesa de atropelador

por Redação Carta Capital — publicado 03/03/2011 17h43, última modificação 03/03/2011 17h49
Ricardo Neis, sob custódia em uma clínica psiquiátrica, atropelou e feriu ao menos 16 ciclistas na última semana em Porto Alegre

Um pedido de habeas corpus foi protocolado em favor do bancário Ricardo Neis, que atropelou pelo menos 16 ciclistas na semana passado, durante manifestação em Porto Alegre. O pedido foi feito, segundo a Polícia Civil do estado, por Antônio Goya Martins Costa, um estudante de direito que, segundo informou em sua página do Facebook, está indignado com a decisão de deferir a prisão cautelar do motorista antes da sentença.

O estudante de direito não é o representante legal de Ricardo Neis. O advogado do bancário, Luís Fernando Albino, afirmou não ter relação com Martins Costa e disse que deve ingressar com pedido de habeas corpus ainda nesta quinta-feira. Ricardo Neis está sob custódia da polícia no hospital Parque Belém, na capital do estado.

registrado em: