Você está aqui: Página Inicial / Sociedade / Guerra é guerra

Sociedade

Vasco lidera Brasileirão

Guerra é guerra

por Edgard Catoira — publicado 03/10/2011 17h44, última modificação 10/10/2011 09h10
Um vascaíno prefere qualquer time de São Paulo ou de qualquer outro estado a ter um carioca na cola, estes sim os reais rivais. O mesmo acontece com os corinthianos

Devemos concordar que o Campeonato Brasileiro anda muito sem graça. Mas, para esquentar o torneio, a imprensa agora está forçando a barra, tentando comparar os resultados dos times do Rio e os de São Paulo.

Realmente, neste fim de semana os times cariocas se saíram bem: o Flamengo  bateu o São Paulo por 2x1, no Morumbi, e o Vasco empatou com o Corinthians em 2x2, mantendo a liderança na tabela do Brasileirão.

Até o Globo entrou nessa: em manchete do Caderno de Esportes desta segunda-feira, dia 3, o diário passa a impressão de que existe uma disputa específica entre São Paulo e Rio de Janeiro, também no Campeonato Brasileiro. Numa forçação de barra, o jornal estampa em letras garrafais: “Garoa Carioca”, referindo-se à vitória do Flamengo em São Paulo.

A começar pelo título – aquilo que vimos no Morumbi não era uma garoa paulista, mas um furacão da América Central – nada reflete as expectativas de torcedores. Pelo contrário. Numa pesquisa informal baseada em conversas com torcedores do Rio e de São Paulo, o resultado foi o esperado: um vascaíno prefere qualquer time de São Paulo, do Rio Grande do Sul ou de qualquer outro estado a ter o Fluminense, Botafogo ou o Flamengo, estes sim os reais rivais. O mesmo acontece com os corinthianos, que odiariam ter entre seus perseguidores na tabela o Palmeiras ou o São Paulo.

Enfim, a verdade é que o inimigo está ao lado e não na outra ponta da Ponte Aérea.

Se não for o time para o qual torcemos, que vença o melhor, desde que ele não seja o de nosso vizinho! Isso, sim, seria um tufão de verdade.

registrado em: