Você está aqui: Página Inicial / Sociedade / Falha no Sisu custa o cargo ao presidente do Inep

Sociedade

Educação

Falha no Sisu custa o cargo ao presidente do Inep

por Redação Carta Capital — publicado 18/01/2011 10h28, última modificação 18/01/2011 10h57
Falhas no Sistema de Seleção Unificada obrigaram o MEC adiar prazos de inscrição para candidatos; gestão de Joaquim Soares Neto, foi marcada por problemas também no Enem

O presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), Joaquim Soares Neto, foi exonerado hoje (18) do cargo, de acordo com portaria publicada no Diário Oficial da União.

A demissão ocorre após o registro de diversos problemas no acesso ao site de inscrições do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Os erros no sistema obrigaram o MEC a prorrogar prazos de inscrição do ProUni e também permitiam a candidatos verem os dados de outros.

A gestão de Neto foi marcada ainda por falhas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que chegou a ser reaplicado para estudantes prejudicados.

A prova do ano passado tinha erros nos cadernos de respostas. Vários estudantes reclamaram e a Justiça chegou a suspender a divulgação dos resultados, caminho para a anulação do exame. Ficou definido que o Enem seria reaplicado, no entanto, apenas para os estudantes que tivessem sido prejudicados pelo erro.

(Com informações da Agência Brasil)

registrado em: