Você está aqui: Página Inicial / Sociedade / Estudantes planejam “trancaço” nos portões da USP

Sociedade

Movimento estudantil

Estudantes planejam “trancaço” nos portões da USP

por Redação — publicado 17/10/2013 19h26, última modificação 17/10/2013 19h33
O ato acontece como forma de protesto contra o anúncio da reitoria de adiar a dialogar com os manifestantes em greve

Estudantes da USP planejam realizar um “trancaço” nos portões da universidade na manhã de sexta-feira 18 em protesto contra o anuncio da reitoria de que só voltará a dialogar com os manifestantes, em greve desde a semana passada, depois do dia 25 de outubro.

A data, segundo o movimento, é “distante” e facilita o acirramento do conflito.

O “trancaço” deve começar às 6 horas nos três portões de carros da Cidade Universitária. Os próprios estudantes garantirão que nenhum carro ou ônibus entre no local. Caso o reitor mude de ideia e aceite conversar com os manifestantes, o ato será cancelado.

“É necessária a abertura imediata de negociação. Caso isso não aconteça, a universidade irá parar. E tal situação só pode ser evitada caso a reitoria retroceda em sua intransigência. Assim esperamos que aconteça”, diz a nota do DCE-Livre da USP Alexandre Vannucchi Leme.

registrado em: