Você está aqui: Página Inicial / Sociedade / Consciência Negra

Sociedade

Luta

Consciência Negra

por Celso Marcondes — publicado 17/11/2008 17h56, última modificação 24/08/2010 18h01
Vinte de novembro é o Dia da Consciência Negra. Em algumas cidades brasileiras é feriado municipal e nos dias que o antecedem sempre é retomada a polêmica sobre a oportunidade ou não do feriado.

Vinte de novembro é o Dia da Consciência Negra. Em algumas cidades brasileiras é feriado municipal e nos dias que o antecedem sempre é retomada a polêmica sobre a oportunidade ou não do feriado.

Principalmente neste ano, quando se completam 120 anos da abolição da escravatura – sem grandes comemorações, diga-se de passagem – o feriado é justo ser for usado para bater mais na tecla que a igualdade e a justiça social ainda são sonhos no Brasil. E que, não por acaso, os negros são maioria na base de nossa pirâmide social. Mas não é justo o feriado se for usado para proclamar e saudar nossa terra de oportunidades iguais para todos. Hipocrisia faz mal para a saúde

O Centro Acadêmico XI de Agosto, mais uma vez, mobiliza os estudantes da Faculdade de Direito da USP para o bom combate. Lembra que a data relembra o assassinato de Zumbi dos Palmares e prepara uma bela programação aberta ao público.

Por causa do feriado, ela acontecerá no dia 18, terça-feira, sempre no prédio do Largo do São Francisco. Confira:

10 horas – conversa com a professora de História da UNIFESP Patrícia Santos Schermann, sobre a história da África. Acompanhando por récitas de alunos da Faculdade exaltando a literatura africana.

19 horas – roda de samba com os artistas do Projeto Rua do Samba e da Nação Hip-Hop, além de versos e rimas de Lady Rap, leitura de manifestos pela cidadania e igualdade ao negro e projeção declipes e curta-metragens sobre direitos humanos. Tudo regado a caldinhos feitos na hora.

Barack Obama não confirmou presença, mas seguramente será bem lembrado por lá. Apareça.