Você está aqui: Página Inicial / Sociedade / CBF pede punição a Zuñiga, que se diz inocente

Sociedade

Copa do Mundo

CBF pede punição a Zuñiga, que se diz inocente

por Redação — publicado 06/07/2014 16h19, última modificação 06/07/2014 16h21
Colombiano afirma que lesão que tirou Neymar do Mundial foi fruto de uma jogada normal e sem intenção de agressão; Confederação pede também anulação do cartão recebido por Thiago Silva
AFP
Zuñiga e Neymar

A jogada entre Zuñiga e Neymar rendeu uma fratura na vértebra do brasileiro

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) enviou um pedido à Fifa solicitando que o jogador colombiano Camilo Zuñiga seja punido pela agressão feita contra Neymar no jogo entre Brasil e Colômbia. O lateral foi responsável por uma joelhada que causou uma fratura na vértebra do brasileiro e o tirou da Copa do Mundo.

Em seu perfil no Instagram, Zuñiga, por sua vez, afirmou que lamenta "de maneira profunda e triste" a lesão de Neymar e disse ser inocente. Segundo ele, o lance foi parte de uma jogada normal, sem intenção de agressão ou imprudência.

"Te admiro, respeito e considero um dos melhores jogadores do mundo. Espero sua recuperação para que continue a ver o futebol como um esporte cheio de virtudes e qualidades, que sem dúvida, sempre pus em prática há mais de 12 anos como jogador profissional", escreveu o colombiano.

Desde sábado, o jogador e sua família vem sendo vítima de comentários agressivos e racistas em suas contas nas redes sociais.

Além do pedido de punição, a CBF também pediu à Fifa a anulação do cartão amarelo recebido pelo zagueiro Thiago Silva, na partida contra a Colômbia. Ele está fora da semifinal contra a Alemanha, na próxima terça-feira (8), por ter recebido o terceiro cartão seguido na competição. *Com informações da Agência Brasil