Você está aqui: Página Inicial / Sociedade / Agressores homofóbicos à solta

Sociedade

Justiça?

Agressores homofóbicos à solta

por Redação Carta Capital — publicado 20/07/2011 15h00, última modificação 20/07/2011 15h02
Um homem de 25 anos confessou à polícia sua participação na agressão de pai e filho confundidos com casal gay

A Polícia Civil de São João da Boa Vista, no interior paulista, já identificou dois integrantes do grupo que espancou pai e filho na madrugada da última sexta-feira 15 durante a exposição agropecuária do município. Até agora, porém, eles continuam em liberdade. Uma das vítimas teve parte da orelha decepada.

Em depoimento na terça-feira 19, um homem de 25 anos confessou ter participado da agressão, mas negou que o motivo tenha sido discriminação sexual. O delegado titular do 1º Distrito Policial, Fernando Zucarelli, pediu a prisão preventiva do agressor, que foi negada pela Justiça.

Segundo Zucarelli, ainda não está marcada a data para ouvir o outro acusado, de 30 anos.

*Matéria publicada originalmente na Agência Brasil

registrado em: