Você está aqui: Página Inicial / Sociedade / Abusos sexuais, estupros e assassinatos de crianças

Sociedade

Violência

Abusos sexuais, estupros e assassinatos de crianças

por Celso Marcondes — publicado 13/03/2009 18h02, última modificação 19/08/2010 18h06
Violência não para de crescer, pelo menos segundo a mídia

Para não deixar o assunto morrer.

Deu no “Estado de S.Paulo”, só ontem e hoje, dias 10 e 11:

- “A polícia do Rio identificou ontem o suspeito de estuprar e assassinar uma criança de 5 anos, em Curicica, bairro de Jacarepaguá, Rio”.

- “Em Queimados, na Baixada Fluminense, a 55ª. Delegacia de Polícia também pediu à Justiça a prisão preventiva do padrasto de A, 3 anos. No domingo ele levou a enteada morta a um posto de saúde com lesões genitais, além de marcas de esganaduras”.

- “Um porteiro foi preso em Copacabana, zona sul do Rio de Janeiro, após ter sido denunciado por abusar de uma criança de 8 anos em uma festa em São Cristóvão”.

- “O advogado criminalista João Bosco Fernandes Duarte, de 62 anos, foi detido anteontem, em Lauro de Freitas (BA), região metropolitana de Salvador, acusado de abusar sexualmente de duas meninas de 13 anos”.

- “Em Birigui, interior de São Paulo, um homem de 42 anos foi preso ontem acusado de violentar um garoto de 5 anos”.

E deu no portal G1, nesta tarde:

“O Ministério Público Estadual de São Paulo e a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pedofilia realizam nesta quarta-feira uma megaoperação contra uma rede de pedofilia acusada de abusar sexualmente de pelo menos 40 crianças em Catanduva, a 379 km de São Paulo. São cumpridos quatro mandados de prisão e 20 de busca e apreensão. Até o momento foram presos o filho de um empresário catanduvense, na capital paulista, e o funcionário de uma usina em Catanduva. Também são procurados um médico e um usineiro de Catanduva.”

:
- um estudo mostra que em Recife um de cada três casos de menores de 14 anos grávidas é oriundo de violência doméstica.
- em dois meses, janeiro e fevereiro de 2009, tivemos 4.700 denúncias oficiais sobre abusos a crianças no Brasil. 31% delas referiam-se a violência sexual. Portanto, 1457 casos em 60 dias. Ou 24 por dia.

24 casos por dia, dá um por hora. O caso da menina de 9 anos, de Alagoinha, Pernambuco, vai muito além do triste posicionamento do arcebispo de Olinda e Recife, d.José Cardoso Sobrinho, e do aval que ele recebeu de seus superiores na Igreja Católica.

Para começar, dos 6 casos citados acima, 5 aconteceram no “Sul Maravilha”. Todos se tratam apenas de casos enfrentados ou resolvidos pelas autoridades.

O que você pensa sobre este Brasil, caro leitor?