Você está aqui: Página Inicial / Saúde / Nobel de Medicina para dois americanos e um alemão

Saúde

Medicina

Nobel de Medicina para dois americanos e um alemão

por AFP — publicado 07/10/2013 10h01
Eles pesquisaram a forma como a carga é entregue dentro e fora das células
AFP
Randy Schekman

Imagem do norte-americano Randy Schekman durante cerimônia em Frankfurt, em 3 de outubro

O Prêmio Nobel de Medicina de 2013 foi atribuído nesta segunda-feira 7 aos americanos James E. Rothman e Randy W. Schekman, assim como ao alemão Thomas C. Südhof.

Os três foram premiados por suas descobertas sobre o sistema de transporte no interior da célula, para que "as moléculas sejam transportadas ao local correto da célula no momento adequado", destacou o Comitê Nobel.

Suas descobertas tiveram um enorme impacto na compreensão da forma como a carga é entregue dentro e fora da célula e têm implicações nos trabalhos sobre diversas doenças, incluindo distúrbios neurológicos e problemas imunológicos, assim como o diabetes.

Os três cientistas premiados com o Nobel "descobriram os princípios moleculares que regem a forma como esta carga é entregue no lugar correto da célula no momento adequado", explica o júri.

James Rothman é professor de Biologia Celular e de Química. Randy Schekman ensina Biologia e Thomas Südhof Medicina. Os três venceram o prêmio por seus trabalhos de pesquisa de forma independente.

Leia mais em AFP

registrado em: