Você está aqui: Página Inicial / Saúde / Curado, Lula faz agradecimento e anuncia volta à política

Saúde

Tumor na laringe

Curado, Lula faz agradecimento e anuncia volta à política

por Redação Carta Capital — publicado 28/03/2012 16h47, última modificação 28/03/2012 17h16
Em vídeo, o ex-presidente promete cuidar da saúde, diz estar 'maduro' e 'calejado', e acena para a classe média
int_lulanoinstituto

O ex-presidente venceu, por unanimidade, 177 personalidades de 57 países Foto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula

Depois de descobrir que o tumor em sua laringe havia desparecido, na manhã da quarta-feira 28, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva veio a público agradecer a todos aqueles que estiveram com ele durante a luta contra o câncer e anunciar sua volta à vida política.

Em outubro de 2011, o ex-presidente descobriu a doença. Desde então, submete-se a tratamento no Hospital Sírio-Libanês,em São Paulo.

No vídeo, Lula agradece a sua esposa e família, ao povo brasileiro, médicos, políticos e a Deus.

Entre os políticos, destacou o apoio de sua sucessora, a presidenta Dilma Rousseff.

“Queria agradecer a solidariedade das lideranças políticas do Brasil inteiro, sobretudo da minha querida companheira presidenta Dilma Rousseff, que com sua experiência de ter vencido um câncer foi um alento cada vez que conversava comigo e me dizia ‘força presidente o senhor vai vencer’”, diz.

Dilma enfrentou um linfoma em 2009, quando fazia parte do governo de Lula.

 

Ao falar sobre seu retorno a política, o ex-presidente ressaltou seu compromisso com a nova classe média. “Vou voltar a política porque o Brasil precisa continuar crescendo, se desenvolvendo, gerando emprego, distribuição de renda, melhorando a vida de milhões e milhões de brasileiros que chegaram à classe média e não querem voltar mais e aqueles que querem chegar à classe média”, diz o ex-presidente.
Lula agradeceu também àqueles "acreditam no futuro do País". Lembrou, por fim, que retorna a militância política mais maduro, calejado e que, a partir de agora, priorizará sua saúde.

Lula deve auxiliar em campanhas nas eleições municipais deste ano. Sua presença é aguardada ansiosamente em São Paulo, onde o candidato petista Fernando Haddad terá de se tornar conhecido pela população nos próximos meses. Para isso, depende da figura do ex-presidente, que o lançou politicamente na maior cidade brasileira.

Veja abaixo o vídeo: