Você está aqui: Página Inicial / Revista / Na cola de Dilma / Chuchu chic
Número 871,

Cultura

Papinho Gourmet

Chuchu chic

por Marcio Alemão publicado 17/10/2015 13h13, última modificação 18/10/2015 02h59
Sobre a valorização do quiabo e do chuchu, enquanto produtos de ponta
Eric Ryan/Getty Images

Viu a última da gastrô?

– Conta.

– Valorização do quiabo e do chuchu, enquanto produtos de ponta.

– Era previsível. E até acho que tem uma lógica imensa.

– Quiabo e chuchu?

– Nós não conseguimos ter um tomate espetacular, não conseguimos, como já disse dezenas de vezes, ter pão de boa qualidade, ter frangos bons, ter bifes no supermercado que tenham qualidade pra não ter de pagar uma fortuna para as “grifes” de carne.

– Ou iguais fortunas para padeiros artesanais, queijeiros artesanais.

– Por isso, meu caro, nada mais lógico do que começar a valorizar o chuchu. Alguém no mundo vai encarar essa briga? Selo de qualidade no chuchu. Chuchu com garantia de origem. Chuchu de altitude. Chuchu litorâneo, que vem com um leve defumado de maresia. Que será orgânico nem preciso falar.  Se for biodinâmico pode agregar mais uns 10 reais. 

– E vai harmonizar com que tipo de vinho?

– Melhor harmonizar com nossas cachaças.

– Claro! Cachaças de 500 reais.

– Se tem mané pagando eu cobraria mil. E esse mesmo trouxa vai pagar uma grana preta pelo chuchu bio de altitude. 

– A palhaçada não tem mais fim.

– Nem querem que tenha. Vamos falar sobre o quê? A mídia precisa de assunto e de assunto fresco. Alguém vai dizer que, apesar do Master Chef e dos 45.678 programas de culinária, as pessoas continuam comendo mal e nossos restaurantes deixam muitíssimo a desejar? Duvido. Vamos laurear o chuchu e o quiabo. 

– A mandioca, a mandioquinha, o cará.

– Claro. Cinco vivas para a gastronomia de raiz.

– O mais triste é que todo esse movimento deveria ser bom.

– Todo esse movimento só faz aumentar o preço da mandioca, do quiabo e do chuchu.

– Um queijo quente em padaria chique já tá valendo mais de 15 reais.

– Se for com queijo de mestres queijeiros das serras, pula para 35.

– Se for com esse queijo que você falou e o pãozinho for o do mestre padeiro, 55.

– Imagine se for um X-chuchu!

– Para com isso, que esse assunto não rende seminário, não rende feirinha.

– Entendi. Não rende. Ponto.