Você está aqui: Página Inicial / Revista / Lava Jato - A primeira leva / O avião vermelho de Erico Verissimo
Número 830,

Cultura

Cinema

O avião vermelho de Erico Verissimo

por Orlando Margarido — publicado 14/12/2014 08h02
O órfão endiabrado que protagoniza 'As Aventuras do Avião Vermelho' saiu da imaginação do profícuo escritor gaúcho
Divulgação
Fernandinho

Com os brinquedos, em jornada fantástica

É provável que a animação infantil As Aventuras do Avião Vermelho soe ingênua e anacrônica. O filme não tem o apelo de um formato 3D nem o aparato virtual que encanta as crianças de hoje. E é nisso que está seu maior trunfo e sua graça. O desenho de Frederico Pinto, em cartaz, parte da adaptação de um livro de reconhecido autor adulto, o gaúcho Erico Verissimo, profícuo também na literatura da faixa etária.

Assim, seria natural pensar em Fernandinho, de 8 anos, modelado a partir de Luis Fernando Verissimo. O filho do escritor nasceu, no entanto, em 1936, mesmo ano do livro. “Antes de eu nascer meus pais meio que adotaram um filho do vizinho, o diretor da Editora Globo Henrique Bertaso, de nome Fernando”, explica o cronista a CartaCapital. “Fiquei parecido com ele apenas por imaginar aventuras, e o livro tornou-se meu preferido antes de aprender a ler.” Essa imaginação parte do endiabrado menino, órfão de mãe, ao ganhar do pai um volume de O Capitão Tormenta, herói de Emilio Salgari, e bolar uma viagem com seus brinquedos que ganham vida. Nisso talvez encontre-se a referência atualizada, e pioneira, da gênese de Toy Story.


registrado em: , ,