Você está aqui: Página Inicial / Revista / Facebook: Guerra eleitoral / Me dá um dinheiro aí
Número 801,

Política

Salários Públicos

Me dá um dinheiro aí

por Redação — publicado 23/05/2014 12h53
Joaquim Barbosa apoia reajuste acima do teto constitucional
Nelson Jr./SCO/STF

A depender do presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa, seus colegas da Suprema Corte e todos os magistrados e promotores brasileiros poderão receber acima do teto constitucional de 29,4 mil reais mensais. Embora tenha proibido, no ano passado, que integrantes do Tribunal de Contas de São Paulo recebessem salários superiores ao teto, Barbosa posicionou-se favorável à PEC 63.

Aprovada pela Comissão de Constituição e Justiça do Senado, o projeto pretende liberar o pagamento de adicional por tempo de serviço para a magistratura e integrantes do Ministério Público. Com a medida, cada ministro passaria a receber quase 40 mil reais por mês. O aumento, no entendimento de Barbosa, é uma forma de “garantir a permanência e estimular o crescimento profissional na carreira”. A medida teria um impacto imediato no orçamento de 450 milhões anuais, sem falar dos riscos de efeito cascata para outras carreiras do Estado.