Você está aqui: Página Inicial / Revista / Especial Os 50 anos do golpe / Intérprete de si mesmo
Número 793,

Cultura

Cinema

Intérprete de si mesmo

por Orlando Margarido — publicado 29/03/2014 09h15, última modificação 29/03/2014 10h37
"Cortinas Fechadas", nova obra de Jafar Panahi, que tornou-se intérprete de si próprio e como ator afrontou a proibição de dirigir filmes
Divulgação
Panahi

Acompanhado do cão, o roteirista cumpre seu ofício

Cortinas fechadas
Jafar Panahi e Kambuzia Partovi

Em Isto Não É um Filme (2011), Jafar Panahi fazia o possível, ou o que as autoridades iranianas não negavam a ele como possível. O diretor de O Círculo tornou-se intérprete de si próprio e como ator afrontou a proibição de dirigir filmes e retratou sua prisão domiciliar, acusado de propaganda antigoverno.

A câmera de um colega o acolhe no apartamento na tensão cotidiana de estar impedido do seu fazer artístico. Resta a Panahi, condenado a seis anos de reclusão e 20 anos de banimento do ofício, acompanhar da janela as ruas de Teerã ou falar por telefone com a advogada sobre chances de apelação. Essas não resultaram positivas e Cortinas Fechadas, estreia da quinta 3, é o relato seguinte ao contexto de privação das liberdades.

No filme assinado por Panahi em parceria com Kambuzia Partovi as janelas passaram de única fuga do olhar possível ao exterior a armadilha de exposição aos inimigos. Por isso, como aponta o título, as cortinas devem permanecer fechadas na casa à beira-mar onde um homem de cinema (Partovi) escreve seu roteiro, na companhia do cachorro.

As referências seriam por si só explícitas quando ainda surgem a jovem musa inspiradora e o próprio Panahi a se descolar de seus filmes, à volta representados na residência, para aludir à tragédia que vive. Em que pese a necessidade e a coragem do ato, exaltado pelo Festival de Berlim do ano passado com o prêmio de melhor roteiro a Panahi, neste caso a inexistência de um filme se dá não pela afirmativa de quem o faz, mas pelos argumentos menos expressivos de uma imaginação.

registrado em: ,