Você está aqui: Página Inicial / Revista / A verdade sobre os impostos / Nostalgia do Lurex®
Número 786,

Cultura

TV

Nostalgia do Lurex®

por Nirlando Beirão publicado 09/02/2014 09h05, última modificação 09/02/2014 09h17
O Canal Viva, de filiação global, contempla o ócio dos nostálgicos incuráveis ao risco de incorrer em dupla cilada. Por Nirlando Beirão
Divulgação
TV

A TV que faz ícones. Seja Sonia Braga, seja uma simples meia

O Canal Viva (43, na Net) é como essas coletâneas preguiçosas que autores idem às vezes lançam para mostrar que estão vivos. Na emissora de filiação global, requentam-se novelas (cinco diariamente, incluindo a indefectível Malhação), seriados (por exemplo, Dallas) e humorísticos, todos da Globo, obviamente. Contempla o ócio dos nostálgicos incuráveis, ao risco, porém, de incorrer em dupla cilada.

Primeiro, a de, numa comparação com a produção de hoje, arrancar dos telespectadores a impressão de que já se fez tevê de melhor qualidade no passado (um dos humorísticos em exibicão é Escolinha do Professor Raimundo, criação de Chico Anysio). Segundo, a de, no mesmo confronto, levar a audiência à percepção de que, antes e depois, nada mudou.

Dancin’ Days, de 1978, a novela do ainda iniciante Gilberto Braga que o Viva vai repisar a partir de março, sugere outro enfoque: ao longo do tempo, o aprendizado tecnológico da tevê teve o mérito de melhorar consideravelmente o que já era bom.

Dancin’ Days, nos embalos da onda disco, é uma novela que deixou saudade. Mas estava revestida de uma ingenuidade narrativa – diálogos desnecessariamente ilustrativos – que o experiente Gilberto Braga hoje saberia evitar. De mais a mais, é bom lembrar que Dancin’ Days é da era pré-Projac. Nas improvisadas locações externas, o som dos diálogos vaza, quando não simplesmente desaparece.

Retrato de época, com certeza – momento de soltar a franga, sacudir os quadris, cair na gandaia. Se a gente for medir as virtudes de uma obra pela sua capacidade de criar ícones, mesmo que entre eles haja um mero par de meias de Lurex®, Dancin’ Days
é um triunfo. Sintetizou um novo jeito de encarar (e dançar) o mundo. De certo modo, prenunciou aquela sunga de crochê do ex-Gabeira.

registrado em: ,